Auditoria de barreiras de segurança

Através da metodologia Bow Tie de gerenciamento de riscos de segurança por barreiras, representamos graficamente através de um único documento todas informações pertinentes a operação de movimentação de carga com embasamento da NR 11 e NR 12, identificando claramente o evento iniciador (ou evento topo) suas respectivas causas (ou ameaças), suas possíveis consequências e as barreiras existentes que podem atuar tanto na prevenção da ocorrência do evento como na redução da probabilidade ou severidade das consequências.

A auditoria de barreiras de segurança apresenta quatro etapas de trabalho:

1
Levantamento de dados
Através da avaliação operacional, são identificados os eventos topos e as atuais barreiras existentes, apresentando através do diagrama Bow Tie o atual cenário da operação.
2
Validação das barreiras de segurança
Contando com uma equipe multidisciplinar, a Rigging Brasil utiliza embasamento da norma ABNT NBR 12100 e NR 12 na operação de equipamentos de guindar, verificando as atuais barreiras utilizadas pela organização com base nos quatro pilares fundamentais das operações de movimentação de carga – carga, local, recursos e conhecimento operacional, verificando a possibilidade de vulnerabilidade nas barreiras adotadas.
3
Plano de ação
Uma vez encontradas falhas ou omissões que devem ser adotadas para mitigação ou eliminação de riscos, ou seja, itens que possam furar as barreiras de segurança, a Rigging Brasil apresenta um plano de ações que devem ser adotados pela organização.
4
Avaliação da eficácia das barreiras de segurança
Através de auditoria periódica, são realizadas verificações para avaliar a implementação das barreiras propostas pela Rigging Brasil para garantir a segurança nas operações de movimentação de carga e de pessoas.